História - Internet
Atualizado em 26-01-2013
Timothy John Berners-Lee

Timothy John Berners-Lee

Atualmente a Internet tornou-se indispensável para o mundo. Essa rede capaz de encurtar distâncias já faz parte de nossas vidas de uma forma tão intensa que seria difícil imaginar como viver sem ela. Mas como e por que ela surgiu?
A Internet “nasceu”, na verdade, na década de 60, durante a guerra fria. Nesse período os Estados Unidos temiam que alguma de suas bases militares sofresse um ataque que pudesse fazê-los perder informações estratégicas importantes. Como solução para isso a ARPA (Advanced Research Projects Agency) resolveu descentralizar as informações e espalhá-las em várias bases militares e não somente em um local. Dessa forma, com a informação transitando de um local para outro com facilidade, mesmo que um ponto fosse atacado, não haveria a perda definitiva daquela informação. Para concretizar essa estratégia foi criada então uma rede chamada ARPANET.

A ARPANET já utilizava uma tecnologia para tráfego de dados semelhante ao que usamos hoje. Nela as informações eram “quebradas” em pequenos pedaços chamados pacotes e enviadas ao seu destino. Dentro destes pacotes que continham trechos da informação também havia o endereço de destino do computador que deveria recebê-la e uma pequena instrução para que esse computador conseguisse montar o arquivo por completo. Podemos dizer que a ARPANET foi o “embrião” da Internet, já que tudo o que temos hoje derivou dela. Já dentro da década de 70 e com a diminuição dos atritos entre Estados Unidos e União Soviética, a ARPANET tornou-se desnecessária, visto que não havia mais chance de um ataque surpresa por parte da União Soviética sobre os Estados Unidos. Diante disso os militares permitiram que cientistas locais fizessem uso da rede para facilitar o envio de dados e a comunicação com outros cientistas. Mais tarde isso se expandiu para que universidades mais distantes pudessem usá-la e, dessa forma compartilhar seus artigos, teses e documentos em geral. Isso permaneceu assim por alguns anos, sem que nada de muito grandioso fosse incorporado a ela.

Em 1990, Timothy John Berners-Lee criou a World Wide Web, que hoje é conhecida como Web ou simplesmente WWW. Uma das várias traduções encontradas nas literaturas específicas é “Rede de Alcance Mundial”. Nela é possível abrir páginas contendo fotos, vídeos, textos e sons. Esse conteúdo pode ser visto através de programas que "montam" e posicionam os vários tipos de mídias em seus lugares corretos, que são os browsers ou navegadores. Dentro dessas páginas existem os links (ligações) para outras páginas e, por causa deles é possível ir se deslocando de uma página para outra. Por essa facilidade de deslocamento surgiu o termo "surfar" ou "navegar" na Internet.

Como observação vale destacar que Web e Internet não são a mesma coisa. A Web faz parte da Internet. Esta última reúne milhões de computadores que “falam a mesma língua”, ou seja, utilizam um mesmo protocolo de comunicação. A internet é composta por uma imensidão de outras redes. Já a Web é apenas um pedaço da Internet que utiliza hipermídia como seu instrumento básico, ou seja, é apenas um dos vários serviços disponíveis na Internet, como E-Mail, o FTP, as mensagens instantâneas, entre outros.

Em 1991, Timothy John Berners-Lee colocou no ar uma página que ensinava aos programadores como desenvolver browsers e como criar um servidor web. A partir desse instante os programadores começaram a entender mais detalhadamente como a rede funcionava e a poder construir conteúdo para ela.

Mosaic

Mosaic

Em 1993 chegou ao mercado um navegador chamado Mosaic. Ele foi o “divisor de águas” entre uma Internet fechada e voltada ao meio acadêmico e uma Internet aberta a usuários em geral. A partir desse ano a Internet cresceu a uma velocidade alucinante e aumentou seu número de usuários como nunca se tinha visto um meio de comunicação conseguir. Atualmente, em 2011, o número de usuários de Internet ao redor do mundo gira em torno de 2 bilhões de pessoas e eles a utilizam para os mais variados fins, como para obter informações, como fonte de entretenimento, efetuar compras, como guia para sua localização, para trocar arquivos, fazer videoconferências, conhecer pessoas, entre muitas outras atividades. Diante do imenso poder de crescimento da Internet e da importância que ela já tem na vida de todos que a utilizam, é possível afirmar que foi uma das invenções mais importantes do século XX e que ela conseguiu afetar para sempre a maneira como a humanidade vive e se relaciona.



Gostou deste tópico? Compartilhe-o!


Alguns Destaques

As memórias DDR5 estão chegando e trarão muitas melhorias

A próxima geração de memórias RAM já possui especificações definidas e promete grande melhoria em relação às atuais DDR4. E o mais importante: mesmo com desempenho bastante superior, elas consumirão menos energia. A tensão de trabalho das memórias DDR5 será de apenas 1.1V contra os 1.2V das atu...

Ler Notícia Completa

Google Chrome consumirá menos memória RAM em breve

O navegador da gigante de buscas da Internet é, sem dúvida, um dos melhores disponíveis, mas é inegável que o consumo de memória RAM por parte dele é exagerado. Este problema já se estende por anos, mas parece que em breve ele terá uma solução. Um novo recurso do Windows 10, chamado SegmentHeap...

Ler Notícia Completa

Sites e vídeos sem propagandas? Sim, é possível através da exploração de uma falha!

Seguramente você já se deparou com sites que bloqueiam o conteúdo da página e te obrigam a assinar determinado serviço para ler o conteúdo, certo? Ou foi tentar assistir aquele vídeo e as propagandas em tela cheia não pararam de surgir. Bem, todos já nos deparamos com isso, no entanto, um bug de...

Ler Notícia Completa

Inteligência Artificial cria antibiótico super potente

Pesquisadores do MIT (EUA) identificaram um novo e poderoso composto antibiótico usando um algoritmo de aprendizado de máquina, uma técnica de inteligência artificial. Em testes de laboratório, a droga matou algumas das bactérias causadoras de doenças mais problemáticas do mundo, incluindo algu...

Ler Notícia Completa