Minicursos - C#

Introdução às Ferramentas Gráficas


Bem, a partir daqui vamos começar a entender como funciona a integração do C# com o Visual C# Express. Conforme explicado no tópico “Conhecendo o Visual C# 2010”, ele é uma IDE de desenvolvimento, ou seja, um ambiente com ferramentas diversas para facilitar a criação de programas. Abaixo, só para relembrar, coloco novamente uma imagem com os principais blocos e janelas que encontraremos nele.

Ferramentas Gráficas C#

Como vocês podem notar, a quantidade de ferramentas disponíveis no Visual C# é imensa e seria impossível falar sobre todas elas, pelo menos nessa parte introdutória do minicurso. Minha intenção nesse início é explicar como utilizar as principais ferramentas. As restantes irei adicionando aos poucos, em seções como a Dicas.

Bem, mas vamos iniciar! Para criar um projeto Windows Forms no Visual C# devemos proceder da seguinte forma: após abrir o programa, clique em File, New Project, selecione a opção Windows Forms Application e clique em OK. Surgirá uma tela semelhante a essa:

Ferramentas Gráficas C#

Aí está nosso pequeno Windows Form. Apenas para esclarecer, um projeto Windows Form é uma plataforma capaz de receber botões, caixas de texto, imagens, barras de rolagem, sons, enfim, é uma base capaz de abrigar todos os modernos recursos que vemos nos aplicativos atuais. Na janela principal, que é o local onde os programas são criados, temos o Form1. Esse form é o programa em si. Nele serão adicionados os campos, menus, textos e botões. Na janela de ferramentas, à esquerda do Form, clique na opção "Button" e o arraste até o Form.

Ferramentas Gráficas C#

Aí está nosso botão. A forma de se inserir ferramentas no projeto será sempre essa: clicar e arrastar. Vamos tentar o mesmo com ferramentas que utilizaremos com frequência, como Labels, Textbox, Radiobuttons, Comboboxes e Checkboxes:

Ferramentas Gráficas C#

Como essas são as 6 ferramentas que exploraremos inicialmente, vou falar resumidamente sobre elas aqui:

Button: É utilizado normalmente para confirmar uma operação. É equivalente a pressionarmos a tecla Enter, no Console.

Radiobutton: Permite que o usuário selecione uma opção dentre várias. É comum encontrarmos RadioButtons para seleção de sexo, pois nesse caso queremos apenas um valor e nunca mais de um.

CheckBox: É semelhante ao RadioButton, mas aqui damos ao usuário a liberdade de selecionar mais de uma opção. Imagine que você queira receber do usuário informações sobre os gêneros musicais que ele goste. Para isso o CheckBox é a melhor alternativa, pois pode exibir várias opções e permitir que o usuário selecione quantas quiser.

Label: É apenas um texto, mas você tem controle dinâmico sobre ele. Nos testes isso ficará bem claro, mas para começar a compreendê-lo, imagine um texto que pode ser alterado de acordo com uma interação do usuário, como o clique em um Button. É bastante útil!

TextBox: É uma caixa de texto que recebe informações do usuário. Ela está sempre presente em sites de comércio eletrônico, por exemplo, pois estes necessitam de dados pessoais do usuário para poderem completar o pedido de compra.

ComboBox: Estão presentes sempre que temos pouco espaço para solicitar do usuário alguma informação dentre muitas possíveis. Em quase 100% dos formulários que perguntam ao usuário em que Estado ele nasceu ou está, são usados ComboBoxes.

Vamos iniciar, a partir do próximo tópico, por estas seis ferramentas, essenciais em todos os projetos.



Algumas notícias

O que acontece com o cérebro no exato momento em que morremos

O que passa em nossa cabeça no momento da morte? Não se sabe exatamente e, embora os cientistas tenham alguma resposta, a resposta continua sendo um grande mistério. Além de difícil solução, tentar respondê-la pode criar implicações éticas. No entanto, uma equipe de cientistas da Universidade...

Ler Notícia Completa

Operada e devolvida ao útero, menina que nasceu duas vezes hoje 'acorda sorrindo toda manhã'

Um bebê pode nascer duas vezes? Não é o caso da absoluta maioria das crianças, mas foi assim para a pequena Lynlee Boemer. Em outubro de 2015, sua mãe, Margaret Boemer, descobriu que estava grávida de gêmeos. Ela sofreu um aborto espontâneo, mas um dos bebês sobreviveu. Com dez semanas de ges...

Ler Notícia Completa
Você gostará destes vídeos: