Minicursos - C#

Matrizes


Assim como no tutorial sobre vetores, vou direto ao código, partindo do princípio que você já sabe a teoria sobre matrizes. Caso não saiba ou tenha alguma dúvida, dê uma olhada no tópico "Matrizes" no minicurso de Lógica primeiro, ok? É importante!

Bem, matrizes nada mais são do que vetores de duas dimensões. A sintaxe e a lógica por trás delas são praticamente as mesmas dos vetores, no entanto agora temos que nos preocupar com dois ou mais índices e não apenas um, mas isso em nada torna o código mais complexo. Vejam abaixo a criação de uma matriz 2x2:

Matrizes - C#

Na verdade é uma sintaxe muito parecida com a de um vetor. Vejam quais são as diferenças:

Matrizes - C#

Uma matriz, assim como um vetor, possui seu índice começando pelo número zero e não pelo valor um. Portanto, teremos as posições distribuídas da seguinte forma:

Matrizes - C#

Agora vamos inserir valores nela:

matriz22[0,0] = 8;
matriz22[0,1] = 4;
matriz22[1,0] = 3;
matriz22[1,1] = 9;

Para imprimir uma matriz devemos utilizar um for aninhado, que é um for dentro de outro. Segue um exemplo:

Matrizes - C#

E a saída, exibindo nossa matriz, seria:

Matrizes - C#

Também é possível já criar a matriz e inicializa-la com valores, conforme mostra o código abaixo:

Matrizes - C#

Essa matriz, quando exibida no Console, terá três linhas e duas colunas, vejam:

Matrizes - C#

O interessante é que quando uma matriz já é inicializada com valores, não é necessário especificar suas dimensões. Ela pode se ajustar de acordo com a quantidade de dados inseridos. Vejam esse código abaixo:

Matrizes - C#

Vejam a impressão da mesma:

Matrizes - C#

Matrizes multidimensionais

É importante dizer que podemos criar matrizes de mais de duas dimensões. Para criar, por exemplo, uma matriz de 3 dimensões, devemos proceder da seguinte maneira:

Matrizes - C#

Aqui temos uma matriz 2x2x2, ou seja, com duas linhas, duas colunas e dois níveis de profundidade.

Matrizes podem ser criadas de quantas dimensões forem necessárias. Podemos criar algo como:

Matrizes - C#

Aí teremos uma matriz 2x2x2x3x3, ou seja, uma matriz de 5 dimensões. Não tente imaginar como ela deve ser e muito menos tente trabalhar com isso. Eu apenas citei o exemplo para que você saiba que os computadores podem trabalhar com todas essas dimensões, mas nós, humanos, não podemos sequer imagina-las, portanto lembre-se que matrizes são incrivelmente úteis e é pouco provável que você nunca tenha que trabalhar com elas, mas contente-se com apenas duas dimensões (linhas e colunas), ok? Trabalhe com três somente se houver uma razão muito forte para isso, pois a chance de você errar a lógica do código por imaginar a informação na dimensão errada é muito grande. Já vi casos em que uma matriz de 3 dimensões foi transformada em uma matriz 2x2 e mais um vetor e o código ficou muito mais legível. Resumindo, sempre que puder usar apenas duas dimensões, será melhor.

Para encerrar, lembro que assim como nos vetores, as matrizes aceitam diversos tipos de dados, como char, double, string, dentre outros.



Algumas notícias

O que acontece com o cérebro no exato momento em que morremos

O que passa em nossa cabeça no momento da morte? Não se sabe exatamente e, embora os cientistas tenham alguma resposta, a resposta continua sendo um grande mistério. Além de difícil solução, tentar respondê-la pode criar implicações éticas. No entanto, uma equipe de cientistas da Universidade...

Ler Notícia Completa

Operada e devolvida ao útero, menina que nasceu duas vezes hoje 'acorda sorrindo toda manhã'

Um bebê pode nascer duas vezes? Não é o caso da absoluta maioria das crianças, mas foi assim para a pequena Lynlee Boemer. Em outubro de 2015, sua mãe, Margaret Boemer, descobriu que estava grávida de gêmeos. Ela sofreu um aborto espontâneo, mas um dos bebês sobreviveu. Com dez semanas de ges...

Ler Notícia Completa

Médicos dizem estar perto de chegar a exame de sangue para todos os tipos de câncer

Cientistas dizem que estão mais perto de criar um exame de sangue universal, capaz de identificar todos os tipos de câncer. Estudo conduzido com 1.005 pacientes por uma equipe da Universidade Johns Hopkins, dos Estados Unidos, testou um método que detecta oito tipos de proteínas e 16 mutações ge...

Ler Notícia Completa

Formato JPEG está com os dias contados

Há quantos anos você ouve falar em arquivos JPG? O formato já era utilizado nos primórdios da web comercial nos anos 1990, vivendo há mais de 20 anos como o principal método de compressão de imagens do público. No que depender de Google, Mozilla e outras empresas, isso pode mudar dentro de algum...

Ler Notícia Completa
Você gostará destes vídeos: