Leia também!

Bisbilhotar a vida dos outros no Facebook faz mal

Passar bastante tempo usando redes sociais é bom ou ruim? Esta é uma pergunta que vários especialistas já fizeram, e o Facebook, que é parte interessada no assunto, resolveu consultar a comunidade acadêmica norte-americana para responder a esse questionamento. De modo geral, a conclusão dos vári...

Ler Notícia Completa

Conheça a terapia que previne o HIV, que começará a ser oferecida no Brasil gratuitamente

A partir deste mês, o governo brasileiro irá disponibilizar no Sistema Único de Saúde (SUS) a terapia PrEP, que, por meio de um comprimido por dia, previne a infecção pelo HIV. O remédio, que tem efeitos colaterais, será reservado para casos específicos dentro de grupos de vulnerabilidade, como...

Ler Notícia Completa

EUA aprovam 'droga viva', 1ª terapia contra câncer que reestrutura sistema imunológico do paciente

Os Estados Unidos aprovaram o primeiro tratamento que reestrutura o sistema imunológico do paciente para atacar o câncer. A agência reguladora de medicamentos do país - a FDA - diz que a decisão foi um momento "histórico" e que a medicina agora "entra em uma nova fronteira". A companhia Novar...

Ler Notícia Completa

Facebook investirá mais de US$ 1 bilhão em conteúdo original em 2018

Anunciada em agosto, a plataforma original de vídeos do Facebook, Watch, parece ser a grande aposta de Mark Zuckerberg para o ano que vem. 

 

De acordo com o TechCrunch, a empresa deve investir US$ 1 bilhão para criar e incentivar iniciativas voltadas para a produção de conteúdo audiovisual exclusivo da plataforma. A quantia investida é próxima ao que a Apple pretende gastar com os próprios programas e filmes originais em 2018.  

Ao comparar essa estimativa ao que gigantes deste mercado como a Netflix e a Amazon costumam gastar nas próprias séries originais, o orçamento do Facebook está longe do ideal. No entanto, considerando o investimento anual da HBO em séries próprias — exceto "Game Of Thrones" —, a quantia já não parece tão inferior.

 

 

 

Ainda de acordo com a reportagem, os gastos do Facebook podem variar de acordo com o sucesso da programação, algo que só pode ser avaliado a longo prazo. A princípio, a esperança da empresa é gerar mais engajamento com a plataforma a partir de programas, que serão focados em temas que normalmente são muito compartilhados, como esportes e fatos científicos que sejam mais "curiosos".


Compartilhe essa notícia
Você gostará destes vídeos:

Facebook investirá mais de US$ 1 bilhão em conteúdo original em 2018

Anunciada em agosto, a plataforma original de vídeos do Facebook, Watch, parece ser a grande aposta de Mark Zuckerberg para o ano que vem.    De acordo com o TechCrunch, a empresa deve investir US$ 1 bilhão para criar e incentivar iniciativa...[clique e leia na íntegra]