Leia também!

Google lança programa para capacitar profissionais brasileiros e com direito a bolsas

O Google iniciou nesta terça-feira (17) o Certificado Profissional de Suporte em TI para brasileiros. Trata-se de um curso desenvolvido pela gigante de tecnologia em parceria com a Coursera. Inicialmente, o módulo de ensino foi anunciado a um valor de US$ 39 por mês. Entretanto, sofreu uma redu...

Ler notícia completa

PlayStation 5 consumirá menos energia que modelos anteriores

Console vai incluir opção que poupa energia no modo de espera O PlayStation 5 vai consumir consideravelmente menos energia que seu antecessor, PlayStation 4. Em publicação no seu blog, a Sony, através do presidente e CEO Jim Ryan, anunciou que está trabalhando com as Nações Unidas na iniciativa...

Ler notícia completa

Novo processador AMD tem desempenho de um Core i9 pela metade do preço

Enquanto o Ryzen 9 3900X custa US$ 499, o Intel Core i9 9920X sai por US$ 1189; ambos são de alto desempenho para desktop A fabricante AMD inaugurou nesta segunda-feira, 27, a Computex 2019, uma das maiores feiras de hardware de computador do mundo, com o anúncio de uma nova geração de processado...

Ler notícia completa

PewDiePie se desculpa por vídeo com termo racista e diz: 'Eu sou um idiota'

Felix Kjellberg, o sueco conhecido no YouTube como "PewDiePie", voltou às manchetes nesta semana com uma nova polêmica, dessa vez por usar um termo racista durante uma transmissão ao vivo. Nesta terça-feira, 12, porém, o youtuber mais bem pago do mundo pediu desculpas.

 

Tudo começou no último fim de semana, quando Kjellberg fazia uma transmissão ao vivo jogando "PlayerUnknown's Battlegrounds". Em certo momento da partida, irritado ao desperdiçar um tiro, o youtuber chamou seu adversário de "nigger", termo em inglês que pode ser traduzido como "preto" ou "crioulo".

O caso é que a expressão "nigger" é considerada tão sensível em países de língua inglesa que costuma ser censurada como um palavrão pela mídia. O termo deriva da tradição escravista dos Estados Unidos, e por isso é considerado extremamente ofensivo por grande parte da população negra dos EUA e outros países anglo-saxões.


Compartilhe essa notícia:
Você gostará destes vídeos:

PewDiePie se desculpa por vídeo com termo racista e diz: 'Eu sou um idiota'

Felix Kjellberg, o sueco conhecido no YouTube como PewDiePie, voltou às manchetes nesta semana com uma nova polêmica, dessa vez por usar um termo racista durante uma transmissão ao vivo. Nesta terça-feira, 12, porém, o youtuber mais...[clique e leia na íntegra]