Minicursos - MySQL

Inserindo Dados


Agora que já criamos nossas tabelas, vamos aprender a realizar consultas simples e a inserir dados nas tabelas. Atualmente nossa base de dados possui essas três tabelas:

Inserindo Dados MySQL

Caso você tenha fechado o MySQL e ele retorne a mensagem de que nenhuma base de dados está selecionada, digite o comando use teste;.

Uma consulta é apenas um comando capaz de exibir as informações de uma ou mais tabelas. Para exibirmos o conteúdo de uma tabela, o comando a ser usado é o SELECT e sua sintaxe é bem simples, vejam:

SELECT * FROM cliente;
Esse comando exibirá todo o conteúdo da tabela cliente.

Inserindo Dados MySQL

O retorno Empty set indica que nossa tabela está vazia. Sendo assim, vamos inserir alguns dados. O comando utilizado para isso é o INSERT INTO e ele deve ser usado da seguinte forma:

INSERT INTO cliente (telefone, nome, endereco, email, idade, cpf) VALUES (“5555-5555”, “Daniel”, “Rua X, 200”, “daniel@emailinexistente.com”, 30, “99999999990”);

Fiquem tranquilos se tudo parece um pouco confuso ou poluído demais. Vou explicar melhor logo abaixo, mas de imediato o importante é apenas executar este comando no MySQL:

Inserindo Dados MySQL

O retorno Query OK, 1 row affected indica que o comando foi bem recebido pelo SGBD e que uma linha sofreu alteração, que no nosso exemplo foi a criação de uma linha contendo os dados que utilizamos. Vamos verificar se os dados estão realmente lá com o comando SELECT, visto acima:

Inserindo Dados MySQL

Vejam que nossos dados foram corretamente armazenados. A formatação não está maravilhosa, é possível melhorá-la um pouco, mas não veremos isso ainda e, de qualquer forma o prompt do SGBD não é a melhor interface para exibir dados, e nem deve ser, já que seu papel é apenas armazená-los, mas enfim, o importante é que nossos dados foram corretamente salvos.

Antes de prosseguirmos, cabem algumas observações importantes sobre o comando de inserção. Vamos a elas:

Inserindo Dados MySQL

Nos primeiros parênteses defini os campos da tabela que receberiam os dados (enumerados em amarelo). Nos parênteses seguintes defini os dados que seriam colocados nos campos (enumerados em verde). O importante a ser observado é que a ordem da inserção dos dados acompanhou a ordem definida nos primeiros parênteses. Por exemplo: o campo 2 definia a coluna "nome", portanto na inserção o valor 2 era o nome do cliente. O campo 3 definia o endereço e o valor 3 na inserção era a string contendo o endereço, e assim por diante. Essa ordem deve ser respeitada. Vale ressaltar que ela não precisa seguir a ordem definida na criação das tabelas. Se o último campo definido na criação foi a idade e você quiser inserir o dado referente à idade em primeiro lugar, não há problema, mas a especificação deve deixar isso claro, da seguinte forma:

INSERT INTO cliente (idade, telefone, nome, endereco, email, cpf) VALUES (30, “5555-5555”, “Daniel”, “Rua X, 200”, “daniel@emailinexistente.com”, “99999999990”);

Percebam que aqui defini o campo idade como sendo o primeiro e, nos parênteses referentes aos dados, coloquei o valor da idade como o primeiro a ser inserido. Isso é possível.

Outra observação importante é que o valor referente à idade foi o único que não foi inserido com aspas e isso aconteceu por ele ser um campo do tipo int e não uma string. Portanto lembrem-se que campos int não necessitam de aspas.

Vale ressaltar também que poderíamos não ter inserido dados em todos os campos, deixando nosso comando da seguinte forma:

INSERT INTO cliente (idade, nome, email, cpf) VALUES (30, “Marcos”, “marcos@emailinexistente.com”, “88888888888”);

Se dermos um SELECT na tabela, teremos isso:

Inserindo Dados MySQL

Percebam que os campos onde não especificamos nada aparecem com a palavra NULL, que significa que eles estão nulos.

Para encerrar a inserção de dados, é importante dizer que se formos inserir os dados na mesma ordem em que as colunas foram criadas e preenchendo todos os campos, nosso comando pode ser reduzido, vejam:

INSERT INTO cliente VALUES (“2222-2222”, “Lisa”, “Rua Y, 300”, “lisa@emailinexistente.com”, 20, “55555555550”);

Percebam que não especifiquei os campos, apenas coloquei o parênteses com os dados e mesmo assim o comando foi recebido corretamente pelo SGBD:

Inserindo Dados MySQL

Vale relembrar que o comando só foi bem aceito porque inseri os dados na mesma ordem em que os campos da tabela foram criados no comando create table. É bem mais simples, mas utilizando este comando reduzido você obrigatoriamente precisa preencher todos os campos.

Caso você queira usar esse recurso, mas não se lembre da ordem em que os campos da sua tabela foram criados, você pode usar o comando DESC seguido do nome da tabela, da seguinte forma:

desc cliente;

Inserindo Dados MySQL

Com o comando desc e o nome da tabela você vê a ordem em que as colunas foram criadas e pode fazer uso do comando simplificado!




Notícias - Games

Atari VCS é finalmente lançado e surpreende

O Atari VCS foi lançado recentemente e trouxe suporte a praticamente todos os serviços de streaming de jogos já disponíveis. A única exceção foi por conta do Playstation Now, cujo suporte nativo não é oferecido, mas ele pode ser acessado através do modo PC do VCS, já que o console possui Googl...

Ler Notícia Completa

Conheça o Playstation 2 portátil criado por um brasileiro

Claudio Adriano decidiu criar uma versão portátil do console Playstation 2, da Sony. Inspirado no Nintendo Switch, o console ficou pronto depois de 2 anos de trabalho e algumas interessantes adaptações. Partindo de uma placa-mãe de um PS2 Slim, Claudio fez os encaixes necessários para que a pla...

Ler Notícia Completa

PS5 com SSDs não originais apresentam ótimo resultado

A última atualização do PS5 permite que se faça a expansão do armazenamento do console. Embora o aparelho exija características específicas para os dispositivos de expansão, como taxa de leitura de 5Gb/s, ele funciona surpreendentemente bem com SSDs de velocidades inferi...

Ler Notícia Completa

Capcom Pro Tour sofre o cancelamento de algumas etapas por conta do coronavírus

Em um comunicado ao público via redes sociais, a Capcom revelou que algumas etapas do Capcom Pro Tour foram removidas do calendário como precaução contra o surto de coronavírus pelo mundo...

Ler Notícia Completa

Conheça o Stadia: a incrível plataforma de streaming de games do Google

O Google deu o pontapé inicial para o que espera ser o futuro dos videogames: consoles e hardware em geral ficam em segundo plano, e os games rodam em qualquer dispositivo via streaming. A plataforma Stadia promete levar jogos para notebooks, TVs, celulares e muito mais. O projeto do Google se...

Ler Notícia Completa

Anúncios pornográficos eram exibidos em jogos infantis da Google Play Store devido a um bug

Um app malicioso foi responsável por fazer com que cerca de 60 jogos publicados na Google Play Store veiculassem anúncios pornográficos. Entre os aplicativos estão games infantis e títulos baixados mais um milhão de vezes na loja online da Google. O problema foi flagrado pela empresa de seguran...

Ler Notícia Completa

Sim, jogadores profissionais de games podem ter carteira assinada.

Com a profissionalização dos jogadores de games, quem escolhe viver da habilidade no mouse, teclado ou joystick tem direito a carteira assinada e aos benefícios de atletas e de outros profissionais? Sim. É o que pensam advogados especializados em direito desportivo que estavam na Campus Party 20...

Ler Notícia Completa
Ajude o Contém Bits com um cafezinho!

Se você gostou do artigo, se ele lhe foi útil de alguma maneira e você quiser ajudar o Contém Bits, saiba que é simples, fácil e rápido. Basta clicar na imagem do PayPal (ou no cafezinho) e seguir as instruções, em ambiente seguro e com o respaldo do Paypal. Eu agradeço muito! :)


Você gostará destes vídeos!