Minicursos - MySQL

Inserindo Dados


Agora que já criamos nossas tabelas, vamos aprender a realizar consultas simples e a inserir dados nas tabelas. Atualmente nossa base de dados possui essas três tabelas:

Inserindo Dados MySQL

Caso você tenha fechado o MySQL e ele retorne a mensagem de que nenhuma base de dados está selecionada, digite o comando use teste;.

Uma consulta é apenas um comando capaz de exibir as informações de uma ou mais tabelas. Para exibirmos o conteúdo de uma tabela, o comando a ser usado é o SELECT e sua sintaxe é bem simples, vejam:

SELECT * FROM cliente;
Esse comando exibirá todo o conteúdo da tabela cliente.

Inserindo Dados MySQL

O retorno Empty set indica que nossa tabela está vazia. Sendo assim, vamos inserir alguns dados. O comando utilizado para isso é o INSERT INTO e ele deve ser usado da seguinte forma:

INSERT INTO cliente (telefone, nome, endereco, email, idade, cpf) VALUES (“5555-5555”, “Daniel”, “Rua X, 200”, “daniel@emailinexistente.com”, 30, “99999999990”);

Fiquem tranquilos se tudo parece um pouco confuso ou poluído demais. Vou explicar melhor logo abaixo, mas de imediato o importante é apenas executar este comando no MySQL:

Inserindo Dados MySQL

O retorno Query OK, 1 row affected indica que o comando foi bem recebido pelo SGBD e que uma linha sofreu alteração, que no nosso exemplo foi a criação de uma linha contendo os dados que utilizamos. Vamos verificar se os dados estão realmente lá com o comando SELECT, visto acima:

Inserindo Dados MySQL

Vejam que nossos dados foram corretamente armazenados. A formatação não está maravilhosa, é possível melhora-la um pouco, mas não veremos isso ainda e, de qualquer forma o prompt do SGBD não é a melhor interface para exibir dados, e nem deve ser, já que seu papel é apenas armazena-los, mas enfim, o importante é que nossos dados foram corretamente salvos.

Antes de prosseguirmos, cabem algumas observações importantes sobre o comando de inserção. Vamos a elas:

Inserindo Dados MySQL

Nos primeiros parênteses defini os campos da tabela que receberiam os dados (enumerados em amarelo). Nos parênteses seguintes defini os dados que seriam colocados nos campos (enumerados em verde). O importante a ser observado é que a ordem da inserção dos dados acompanhou a ordem definida nos primeiros parênteses. Por exemplo: o campo 2 definia a coluna "nome", portanto na inserção o valor 2 era o nome do cliente. O campo 3 definia o endereço e o valor 3 na inserção era a string contendo o endereço, e assim por diante. Essa ordem deve ser respeitada. Vale ressaltar que ela não precisa seguir a ordem definida na criação das tabelas. Se o último campo definido na criação foi a idade e você quiser inserir o dado referente à idade em primeiro lugar, não há problema, mas a especificação deve deixar isso claro, da seguinte forma:

INSERT INTO cliente (idade, telefone, nome, endereco, email, cpf) VALUES (30, “5555-5555”, “Daniel”, “Rua X, 200”, “daniel@emailinexistente.com”, “99999999990”);

Percebam que aqui defini o campo idade como sendo o primeiro e, nos parênteses referentes aos dados, coloquei o valor da idade como o primeiro a ser inserido. Isso é possível.

Outra observação importante é que o valor referente à idade foi o único que não foi inserido com aspas e isso aconteceu por ele ser um campo do tipo int e não uma string. Portanto lembrem-se que campos int não necessitam de aspas.

Vale ressaltar também que poderíamos não ter inserido dados em todos os campos, deixando nosso comando da seguinte forma:

INSERT INTO cliente (idade, nome, email, cpf) VALUES (30, “Marcos”, “marcos@emailinexistente.com”, “88888888888”);

Se dermos um SELECT na tabela, teremos isso:

Inserindo Dados MySQL

Percebam que os campos onde não especificamos nada aparecem com a palavra NULL, que significa que eles estão nulos.

Para encerrar a inserção de dados, é importante dizer que se formos inserir os dados na mesma ordem em que as colunas foram criadas e preenchendo todos os campos, nosso comando pode ser reduzido, vejam:

INSERT INTO cliente VALUES (“2222-2222”, “Lisa”, “Rua Y, 300”, “lisa@emailinexistente.com”, 20, “55555555550”);

Percebam que não especifiquei os campos, apenas coloquei o parênteses com os dados e mesmo assim o comando foi recebido corretamente pelo SGBD:

Inserindo Dados MySQL

Vale relembrar que o comando só foi bem aceito porque inseri os dados na mesma ordem em que os campos da tabela foram criados no comando create table. É bem mais simples, mas utilizando este comando reduzido você obrigatoriamente precisa preencher todos os campos.

Caso você queira usar esse recurso, mas não se lembre da ordem em que os campos da sua tabela foram criados, você pode usar o comando DESC seguido do nome da tabela, da seguinte forma:

desc cliente;

Inserindo Dados MySQL

Com o comando desc e o nome da tabela você vê a ordem em que as colunas foram criadas e pode fazer uso do comando simplificado!




Algumas notícias

Xiaomi vende 52,9 milhões de celulares no segundo trimestre de 2021 e faturamento dispara

A gigante chinesa Xiaomi registrou um aumento de quase 85% no seu faturamento no segundo trimestre de 2021 em comparação ao mesmo período do ano passado. A receita divulgada pela empresa foi de 13,5 bilhões de dólares (algo em torno de 70 bilhões de reais) nos meses de abril a junho deste ano...

Ler Notícia Completa

Galaxy S9 e Galaxy S9 Plus receberão atualização de segurança este mês

A Samsung começou a liberar esta semana, para proprietários dos modelos Galaxy S9 e Galaxy S9 Plus, uma nova atualização de segurança. Por enquanto somente alguns países da Europa receberam o pacote, que deve ser dis...

Ler Notícia Completa

Novas câmeras 'debaixo da tela' da Oppo surpreendem

Para muitos, colocar uma câmera embaixo da tela de um celular era uma tarefa impensável, por conta de diversos problemas técnicos. Os primeiros testes da Oppo que se propuseram a isso geravam imagens de qualidade bastante insatisfatória, já que a captação da luz era prejudicada pela tela. A prim...

Ler Notícia Completa

As memórias DDR5 estão chegando e trarão muitas melhorias

A próxima geração de memórias RAM já possui especificações definidas e promete grande melhoria em relação às atuais DDR4. E o mais importante: mesmo com desempenho bastante superior, elas consumirão menos energia. A tensão de trabalho das memórias DDR5 será de apenas 1.1V contra os 1.2V das atu...

Ler Notícia Completa

Google Chrome consumirá menos memória RAM em breve

O navegador da gigante de buscas da Internet é, sem dúvida, um dos melhores disponíveis, mas é inegável que o consumo de memória RAM por parte dele é exagerado. Este problema já se estende por anos, mas parece que em breve ele terá uma solução. Um novo recurso do Windows 10, chamado SegmentHeap...

Ler Notícia Completa

Sites e vídeos sem propagandas? Sim, é possível através da exploração de uma falha!

Seguramente você já se deparou com sites que bloqueiam o conteúdo da página e te obrigam a assinar determinado serviço para ler o conteúdo, certo? Ou foi tentar assistir aquele vídeo e as propagandas em tela cheia não pararam de surgir. Bem, todos já nos deparamos com isso, no entanto, um bug de...

Ler Notícia Completa

Inteligência Artificial cria antibiótico super potente

Pesquisadores do MIT (EUA) identificaram um novo e poderoso composto antibiótico usando um algoritmo de aprendizado de máquina, uma técnica de inteligência artificial. Em testes de laboratório, a droga matou algumas das bactérias causadoras de doenças mais problemáticas do mundo, incluindo algu...

Ler Notícia Completa
Ajude o Contém Bits com um cafezinho!

Se você gostou do artigo, se ele lhe foi útil de alguma maneira e você quiser ajudar o Contém Bits, saiba que é simples, fácil e rápido. Basta clicar na imagem do PayPal (ou no cafezinho) e seguir as instruções, em ambiente seguro e com o respaldo do Paypal. Eu agradeço muito! :)


Você gostará destes vídeos!