As propriedades de margens em CSS são de vital importância para a criação de qualquer página, já que elas são aplicadas a praticamente todos os tipos de elementos. Bem, mas vamos lá! Elas são somente duas, a margin e a padding, mas quando combinadas podem posicionar os elementos com precisão em qualquer ponto da página.

Basicamente a propriedade margin atua fora do elemento e a padding atua dentro, dessa forma:

Margens CSS

A figura acima ilustra um objeto que contém uma imagem. Os limites desse objeto estão demarcados pela borda (border), na imagem. Como se pode perceber, a propriedade padding está agindo dentro do elemento, ou seja, posicionando a imagem com precisão dentro do objeto. Já a propriedade margin posiciona o objeto dentro de um objeto maior, ou seja, delimita as margens que ele terá em relação ao objeto que o contém. É como se pudéssemos dizer, de forma grosseria, que o padding é uma margem interna, um enchimento para o objeto.

Assim como a imagem também demonstra claramente, as propriedades de margens funcionam como as de bordas, podendo ser definidas para qualquer um dos quatro lados do objeto.

Vou criar um pequeno código e demonstrar no navegador, vejam:

#elementoPai
{
width:700px;
height:500px;
border:2px solid #000000;
}

#molduraFoto
{
border:2px solid red;
width:400px;
height:300px;
background-color:#3CF;
margin-left:30px;
margin-top:50px;
padding-top:70px;
padding-left:50px;
}

O código HTML ficou da seguinte forma:

<body>
<div id="elementoPai">
<div id="molduraFoto">
<img src="Paisagem.jpg" />
</div>
</div>
</body>
</html>

Margens CSS

Abaixo segue a mesma imagem ilustrando onde está atuando cada propriedade definida no código acima:

Margens CSS

Trabalhar com margens em CSS é muito simples e, como citei acima, elas podem ser utilizadas em praticamente todos os elementos, como imagens, parágrafos, células de tabelas, listas, enfim, é de fundamental importância que você entenda o que essas propriedades fazem para que consiga posicionar seus objetos corretamente na página.


HARDWARE

Entendendo o seu computador

O que há dentro do meu computador?

Existem alguns componentes fundamentais presentes dentro do seu computador e é muito importante que você conheça um pouco sobre eles, seja para argumentar com algum vendedor durante a compra de um novo PC ou para identificar alguma atitude desleal de algum técnico que esteja te passando um orçamento para reparo. Na seção Raio-X aqui do Contém Bits você pode conhecer e entender mais detalhadamente sobre cada componente, ou também pode clicar abaixo no componente que deseja, para conhecê-lo melhor.

  • Gabinetes

  • Placas-Mãe

  • Processadores

  • Memória

  • Fontes

  • Drives Ópticos

  • Discos Rígidos

  • SSD

  • Placas de Som

  • Placas de Vídeo

Você Sabia?

As primeiras máquinas de fliperama do mundo a utilizarem moedas, chamadas de Galaxy Game, custavam mais de 20 mil dólares para serem produzidas. Saiba mais sobre elas aqui.


O Playstation só nasceu porque uma parceria entre Sony e Nintendo, para desenvolver uma unidade de CD para o Super Nintendo, fracassou. Clique aqui e saiba mais.


Ao completar o nível 99 do jogo Duck Hunt, para Nintendo, o jogo retorna ao primeiro nível, mas um bug impede que se acerte os patos neste recomeço. Este é um exemplo do que é chamado no mundo dos games de "Kill Screen".


Considerando todas as adaptações de jogos de videogame para o cinema, a mais bem sucedida foi Lara Croft: Tomb Raider, lançado em 2001 e que faturou 274 milhões de dólares. Ele foi dirigido por Simon West e estrelado pela bela Angelina Jolie.


O épico jogo River Raid, do Atari, foi desenhado e boa parte de sua programação foi feita por uma mulher: Carol Shaw, uma excelente programadora e funcionária da Activision em 1982. Saiba mais sobre a história deste incrível jogo, aqui.