Agora que já vimos as unidades, os seletores, herança e os estilos de folhas, vamos começar a falar um pouco sobre as propriedades relacionadas às formatações dos textos. A tabela abaixo mostra algumas propriedades bastante importantes e os valores que podem ser atribuídos a elas.

Propriedade Breve Descrição Exemplo de Valores Aceitáveis
     
font-size Altera o tamanho da fonte Pode aceitar qualquer número seguido de uma das unidades já discutidas, como, por exemplo, 20px
font-family Define qual fonte será usada para exibição dos textos. Você pode selecionar mais de uma, seguida por vírgula. Dessa forma o navegador vai procurando uma a uma, da esquerda para a direita, até encontrar uma fonte que o usuário possua. Se não encontrar, ele utiliza uma fonte padrão, que varia de navegador para navegador. Georgia, "Times New Roman", Times, serif
font-weight Aplica negrito às letras Normal, bold, bolder, lighter
font-style Formata o texto de modo itálico. Normal, italic, oblique
text-decoration Modifica os textos, inserindo sublinhados, riscados, linha superior e texto piscando. Underline, overline, blink, line-through
text-transform Pode inserir ou remover caracteres maiúsculos Uppercase, lowercase
text-indent Provoca recuo no texto Qualquer valor numérico seguido de uma das unidades já discutidas, como, por exemplo, 30px ou 2em.
text-align Define o alinhamento do texto. Center, justify, left, right


Existem também algumas propriedades que interferem diretamente no texto, que são:

Line-Height = Determina a espessura da linha.

Vou colocar alguns exemplos de sua utilização, já aproveitando para demonstrar outros parâmetros, mas vou colorir a linha, para ficar fácil visualizar.

Vertical-align = Define o alinhamento vertical do texto. É bastante útil caso você esteja usando uma tabela ou um parágrafo cuja dimensão da linha seja muito maior do que o tamanho da fonte. No entanto, para que esse parâmetro funcione corretamente é necessário tomar cuidado com alguns detalhes. Vejam alguns exemplos:

Vertical Align CSS

Apesar de o comando estar direcionando o posicionamento para cima, o texto apareceu no meio da linha. Isso acontece porque o único parâmetro que define a espessura desse parágrafo é a própria espessura da linha e, por padrão o navegador sempre posicionará o texto no meio da linha. Existem algumas alternativas para se contornar isso. Vou citar as duas: a primeira é criar outro parâmetro que determine um valor maior para o parágrafo, para que a linha fique contida nele. Para isso vamos usar o parâmetro height, que determina a altura de um objeto.

Vertical Align CSS

Percebam que o texto permaneceu centralizado em relação à linha onde está inserido, mas essa linha foi deslocada para cima, graças ao parâmetro height:200px;

Se reduzirmos o tamanho da linha para um tamanho igual ou próximo ao tamanho da fonte, o texto aparecerá posicionado na parte superior, vejam:

Vertical Align CSS

Outra alternativa seria usarmos um parâmetro chamado de display: table-cell; Ele faz com que o navegador enxergue o parágrafo como se fosse uma célula de uma tabela. Dessa forma o texto pode ser alinhado sem que seja necessário inserir o parâmetro line-height, vejam:

Vertical Align CSS

Nesse exemplo não existe o parâmetro que determina o tamanho da linha e, apenas para diferenciar, desloquei o texto para baixo, com o valor bottom.

Para explicar a função do vertical-align acabei tendo que falar do height e um pouco do display, mas como vocês puderam perceber, tudo é bastante simples.


Word-spacing = Define o espaço que o navegador colocará entre uma palavra e outra.

Exemplos de utilização:
h2 {word-spacing: 1.8em;}
p {word-spacing: 80px;}

Word Spacing CSS

Letter-spacing = É o espaço entre cada uma das letras das palavras. Essa propriedade, assim como a word-spacing, aceita qualquer uma das unidades já vistas.

Exemplos:
h2 {letter-spacing: 1.2em;}
p {letter-spacing: 0.4cm;}

Letter Spacing CSS

A curiosidade é que ela aceita valores negativos, que provocarão a sobreposição de letras. Vejam abaixo um espaçamento negativo de 2px.

p {letter-spacing: -2px;}


Letter Spacing CSS

Na sequência veremos as propriedades de listas.


HARDWARE

Entendendo o seu computador

O que há dentro do meu computador?

Existem alguns componentes fundamentais presentes dentro do seu computador e é muito importante que você conheça um pouco sobre eles, seja para argumentar com algum vendedor durante a compra de um novo PC ou para identificar alguma atitude desleal de algum técnico que esteja te passando um orçamento para reparo. Na seção Raio-X aqui do Contém Bits você pode conhecer e entender mais detalhadamente sobre cada componente, ou também pode clicar abaixo no componente que deseja, para conhecê-lo melhor.

  • Gabinetes

  • Placas-Mãe

  • Processadores

  • Memória

  • Fontes

  • Drives Ópticos

  • Discos Rígidos

  • SSD

  • Placas de Som

  • Placas de Vídeo

Você Sabia?

O jogo Final Fantasy X para o Sony Playstation 2 vendeu, apenas no dia do seu lançamento, 1.455.732 cópias, estabelecendo um recorde de vendagem para as primeiras 24 horas de um game. Méritos da SquareSoft, que desenvolveu um excelente produto!


Até a primeira metade dos anos 90 era bastante comum que as trilhas sonoras dos games fossem criadas por mulheres e a responsável pelas músicas do clássico Street Fighter 2 foi Yoko Shimomura. Segundo ela, o ritmo "Tararirarin" da música tema do personagem Blanka, do Brasil, veio à sua cabeça enquanto ela estava no trem a caminho da Capcom.


O ábaco é o dispositivo de cálculo mais antigo construído e conhecido pelo homem. Suas formas mais primitivas datam de 400 a.C. e eles foram encontrados na China e na Babilônia. Para saber mais sobre a história dos computadores, clique aqui.


O Playstation só nasceu porque uma parceria entre Sony e Nintendo, para desenvolver uma unidade de CD para o Super Nintendo, fracassou. Clique aqui e saiba mais.


Utilizar seu notebook em camas, sofás ou qualquer superfície macia pode obstruir as entradas e saídas de ar, elevando a temperatura e provocando danos a diversos componentes. Utilize-o sempre sobre uma superfície rígida. Saiba mais aqui.


O título Asteroids, do Atari, possui recorde de pontuação há 30 anos. Em 1982 um americano chamado Scott Safran atingiu a marca de 41.336.440. Atualmente ele faz parte de um minúsculo grupo de jogadores que conseguiram manter seus recordes por mais de 30 anos.


Criar um jogo é muito mais complexo do que parece. São milhares, às vezes, milhões de linhas de código. Isso não é exagero! Apenas o jogo Ultima Online possui 6.006.313 linhas de programação, totalizando 25.103.295 palavras