Agora que já criamos nossas tabelas, vamos aprender a realizar consultas simples e a inserir dados nas tabelas. Atualmente nossa base de dados possui essas três tabelas:

Inserindo Dados MySQL

Caso você tenha fechado o MySQL e ele retorne a mensagem de que nenhuma base de dados está selecionada, digite o comando use teste;.

Uma consulta é apenas um comando capaz de exibir as informações de uma ou mais tabelas. Para exibirmos o conteúdo de uma tabela, o comando a ser usado é o SELECT e sua sintaxe é bem simples, vejam:

SELECT * FROM cliente;
Esse comando exibirá todo o conteúdo da tabela cliente.

Inserindo Dados MySQL

O retorno Empty set indica que nossa tabela está vazia. Sendo assim, vamos inserir alguns dados. O comando utilizado para isso é o INSERT INTO e ele deve ser usado da seguinte forma:

INSERT INTO cliente (telefone, nome, endereco, email, idade, cpf) VALUES (“5555-5555”, “Daniel”, “Rua X, 200”, “daniel@emailinexistente.com”, 30, “99999999990”);

Fiquem tranquilos se tudo parece um pouco confuso ou poluído demais. Vou explicar melhor logo abaixo, mas de imediato o importante é apenas executar este comando no MySQL:

Inserindo Dados MySQL

O retorno Query OK, 1 row affected indica que o comando foi bem recebido pelo SGBD e que uma linha sofreu alteração, que no nosso exemplo foi a criação de uma linha contendo os dados que utilizamos. Vamos verificar se os dados estão realmente lá com o comando SELECT, visto acima:

Inserindo Dados MySQL

Vejam que nossos dados foram corretamente armazenados. A formatação não está maravilhosa, é possível melhorá-la um pouco, mas não veremos isso ainda e, de qualquer forma o prompt do SGBD não é a melhor interface para exibir dados, e nem deve ser, já que seu papel é apenas armazená-los, mas enfim, o importante é que nossos dados foram corretamente salvos.

Antes de prosseguirmos, cabem algumas observações importantes sobre o comando de inserção. Vamos a elas:

Inserindo Dados MySQL

Nos primeiros parênteses defini os campos da tabela que receberiam os dados (enumerados em amarelo). Nos parênteses seguintes defini os dados que seriam colocados nos campos (enumerados em verde). O importante a ser observado é que a ordem da inserção dos dados acompanhou a ordem definida nos primeiros parênteses. Por exemplo: o campo 2 definia a coluna "nome", portanto na inserção o valor 2 era o nome do cliente. O campo 3 definia o endereço e o valor 3 na inserção era a string contendo o endereço, e assim por diante. Essa ordem deve ser respeitada. Vale ressaltar que ela não precisa seguir a ordem definida na criação das tabelas. Se o último campo definido na criação foi a idade e você quiser inserir o dado referente à idade em primeiro lugar, não há problema, mas a especificação deve deixar isso claro, da seguinte forma:

INSERT INTO cliente (idade, telefone, nome, endereco, email, cpf) VALUES (30, “5555-5555”, “Daniel”, “Rua X, 200”, “daniel@emailinexistente.com”, “99999999990”);

Percebam que aqui defini o campo idade como sendo o primeiro e, nos parênteses referentes aos dados, coloquei o valor da idade como o primeiro a ser inserido. Isso é possível.

Outra observação importante é que o valor referente à idade foi o único que não foi inserido com aspas e isso aconteceu por ele ser um campo do tipo int e não uma string. Portanto lembrem-se que campos int não necessitam de aspas.

Vale ressaltar também que poderíamos não ter inserido dados em todos os campos, deixando nosso comando da seguinte forma:

INSERT INTO cliente (idade, nome, email, cpf) VALUES (30, “Marcos”, “marcos@emailinexistente.com”, “88888888888”);

Se dermos um SELECT na tabela, teremos isso:

Inserindo Dados MySQL

Percebam que os campos onde não especificamos nada aparecem com a palavra NULL, que significa que eles estão nulos.

Para encerrar a inserção de dados, é importante dizer que se formos inserir os dados na mesma ordem em que as colunas foram criadas e preenchendo todos os campos, nosso comando pode ser reduzido, vejam:

INSERT INTO cliente VALUES (“2222-2222”, “Lisa”, “Rua Y, 300”, “lisa@emailinexistente.com”, 20, “55555555550”);

Percebam que não especifiquei os campos, apenas coloquei o parênteses com os dados e mesmo assim o comando foi recebido corretamente pelo SGBD:

Inserindo Dados MySQL

Vale relembrar que o comando só foi bem aceito porque inseri os dados na mesma ordem em que os campos da tabela foram criados no comando create table. É bem mais simples, mas utilizando este comando reduzido você obrigatoriamente precisa preencher todos os campos.

Caso você queira usar esse recurso, mas não se lembre da ordem em que os campos da sua tabela foram criados, você pode usar o comando DESC seguido do nome da tabela, da seguinte forma:

desc cliente;

Inserindo Dados MySQL

Com o comando desc e o nome da tabela você vê a ordem em que as colunas foram criadas e pode fazer uso do comando simplificado!


HARDWARE

Entendendo o seu computador

O que há dentro do meu computador?

Existem alguns componentes fundamentais presentes dentro do seu computador e é muito importante que você conheça um pouco sobre eles, seja para argumentar com algum vendedor durante a compra de um novo PC ou para identificar alguma atitude desleal de algum técnico que esteja te passando um orçamento para reparo. Na seção Raio-X aqui do Contém Bits você pode conhecer e entender mais detalhadamente sobre cada componente, ou também pode clicar abaixo no componente que deseja, para conhecê-lo melhor.

  • Gabinetes

  • Placas-Mãe

  • Processadores

  • Memória

  • Fontes

  • Drives Ópticos

  • Discos Rígidos

  • SSD

  • Placas de Som

  • Placas de Vídeo

Você Sabia?

A primeira versão do clássico Mega Man, para Nintendo 8 bits, tem seu recorde de pontos estabelecido em 03/11/2006, por David Archey, que cravou 2.396.700 pontos, terminando o jogo.


Digitar senhas em computadores de uso coletivo é extremamente perigoso, pois além de softwares de monitoramento, existem dispositivos de hardware que podem capturar suas senhas. Evite ao máximo acessar sites de bancos a partir destes computadores. Veja mais aqui.


Em 1949 a revista Popular Mechanics fez uma previsão para o futuro, dizendo: "Um dia os computadores pesarão menos do que 1,5 tonelada". E pensar que temos smartphones capazes de realizar milhões de vezes mais operações do que os computadores daquela época.


O personagem Mario só possui bigode porque quando ele foi criado, em 1981, a resolução de tela dos equipamentos disponíveis não permitia que fosse desenhada uma boca, então os desenvolvedores fizeram o grande bigode para contornar essa limitação tecnológica.


O famoso título Final Fantasy, da Square Enix, tem este nome exatamente porque se tratava da última esperança da empresa, que estava à beira da falência quando o lançou. Clique aqui e conheça detalhes dessa história.


Considerando todas as adaptações de jogos de videogame para o cinema, a mais bem sucedida foi Lara Croft: Tomb Raider, lançado em 2001 e que faturou 274 milhões de dólares. Ele foi dirigido por Simon West e estrelado pela bela Angelina Jolie.


Instalar vários aplicativos com o mesmo propósito, como editores de texto, reprodutores de músicas ou vídeos e até programas antívirus sobrecarregam o seu sistema operacional e ainda ocupam espaço desnecessário em seu HD. Tenha apenas um bom programa para cada função.


O ENIAC, primeiro computador valvulado do mundo, possuía 17.000 válvulas, 500.000 pontos de solda, 30 toneladas de peso e ocupava uma área de 180 metros quadrados. Clique aqui e conheça mais sobre a história dos computadores.


O épico jogo River Raid, do Atari, foi desenhado e boa parte de sua programação foi feita por uma mulher: Carol Shaw, uma excelente programadora e funcionária da Activision em 1982. Saiba mais sobre a história deste incrível jogo, aqui.