Funções são sequências de comandos que processam dados visando encontrar um resultado, podendo exibi-lo, retornar seu valor para o código que chamou a função ou simplesmente armazená-lo para uso futuro.

A sintaxe de criação de funções em JavaScript é bastante simples. Vou dar um exemplo:

function nome_da_funcao()
{
//comandos...
}

A função também poderia receber algum argumento para ser processado dentro dela. Argumentos nada mais são do que valores já existentes no código fora do script e que precisam ser passados para ele, para que haja algum tipo de processamento. Nesse caso a sintaxe seria:

function nome_da_funcao(argumento)
{
//comandos...
}

Esse argumento poderia ser um único caractere, um texto ou um número A palavra contida dentro dos parênteses é como o script irá se referir a esse argumento. É o seu nome durante a execução do código, ou seja, seu identificador.

Caso queira passar mais de um argumento, basta separá-los por vírgulas, dessa forma:

function nome_da_funcao(argumento1, argumento2, argumento3)
{
//comandos...
}

Vamos a um exemplo bem simples para exibição de uma mensagem através de uma função.

<head>
<meta http-equiv="Content-Type" content="text/html;
charset=utf-8" />

<title>Untitled Document</title>

<script type="text/javascript">
function exibeMensagem(mensagem) {
alert(mensagem);
}
</script>

</head>
<body onload="exibeMensagem('Seja Bem Vindo ao Contém Bits');">
</body>
</html>

O parâmetro onload fez a chamada para a função já no carregamento da página e, como é uma função que estava preparada para receber um argumento, foi preciso passar essa informação, que no caso foi a frase “Seja Bem Vindo ao Contém Bits”.

Repito que é importante ficar claro que o nome “mensagem”, definido entre parênteses na linha function, é a forma como a função irá se referir a esse parâmetro, ou seja, nesse exemplo, sempre que quisermos nos referir ao texto enviado ao script, devemos usar o identificador chamado de “mensagem”.

Executando esse código teremos:

Funções JavaScript

Aqui fizemos uma chamada automática, disparada pelo parâmetro onload, da tag body, à função exibeMensagem. No tópico seguinte vamos criar outra situação, onde uma função que vai calcular um determinado valor seja chamada quando um botão for clicado.


HARDWARE

Entendendo o seu computador

O que há dentro do meu computador?

Existem alguns componentes fundamentais presentes dentro do seu computador e é muito importante que você conheça um pouco sobre eles, seja para argumentar com algum vendedor durante a compra de um novo PC ou para identificar alguma atitude desleal de algum técnico que esteja te passando um orçamento para reparo. Na seção Raio-X aqui do Contém Bits você pode conhecer e entender mais detalhadamente sobre cada componente, ou também pode clicar abaixo no componente que deseja, para conhecê-lo melhor.

  • Gabinetes

  • Placas-Mãe

  • Processadores

  • Memória

  • Fontes

  • Drives Ópticos

  • Discos Rígidos

  • SSD

  • Placas de Som

  • Placas de Vídeo

Você Sabia?

O primeiro jogo a fazer uso de uma Inteligência Artificial foi o Mouse in the Maze, criado em 1955, na União Soviética. Você pode saber mais sobre ele clicando aqui.


As primeiras máquinas de fliperama do mundo a utilizarem moedas, chamadas de Galaxy Game, custavam mais de 20 mil dólares para serem produzidas. Saiba mais sobre elas aqui.


O Playstation só nasceu porque uma parceria entre Sony e Nintendo, para desenvolver uma unidade de CD para o Super Nintendo, fracassou. Clique aqui e saiba mais.


A partida mais longa do clássico Space Invaders durou incríveis 38 horas e 32 minutos e esta façanha foi conseguida por um jogador de apenas 12 anos! O jogo, claro, podia ser pausado para alimentação e descanso, mas ainda assim o recorde, estabelecido no dia 02/09/1980, ainda não foi quebrado. Saiba mais.